Me dê outra chance .... ?


Ele estava no quarto se arrumando pro seu grande dia. Até que algo fez com que ele se lembrasse dela. Nesse momento ele abriu a gavetinha da esquerda em sua mesinha ao lado da cama, pegou uma foto que ainda guardava. Era uma foto dela. Ele sabia que devia esquece-la. Que tudo ja havia passado. Mas olhar para aquela foto, sentiu saudades de cada momento ao lado de seu verdadeiro amor. Aquela que ele jamais teria outra vez. Ao guardar a foto, ficou diante do espelho, sorriu e disse a si mesmo que havia feito a coisa certa, que ela não o amava e que ele ia ser feliz com quem realmente o amava. Até que foi surpreendido pela porta se abrindo rapidamente e se fechando. Então ela trancou a porta, o abraçou e se desmanchou em lágrimas. Olhou ele nos olhos e começou um diálogo.

-Por favor, não se case com ela!
-Eu não posso voltar atras.
-Você pode sim!
-Eu não tenho motivos para desistir desse casamento. Ela me ama. Vamos ser felizes!
-Cara... Por favor... ( Nesse momento sua voz falhava e seu maxilar tremia. Seus olhos brilhavam e quase transbordavam as lágrimas. )
-É o que eu tenho que fazer...
-Eu amo você...
-Como é?
-É isso! Eu amo você! Amo como nunca amei ninguém! Como nunca vou amar outra pessoa... Eu fui uma completa idiota por tudo o que fiz.... Por não ter valorizado você. Por não ter dito que você era tudo pra mim. Por talvez nunca ter notado a falta que você faz em minha vida! Cara, eu amo você! Eu não posso perder você.... Eu preciso ter você ao meu lado....

Ele não conteve as lagrimas. A abraçou bem forte e chorou! Chorou como nunca havia feito antes! Ele a amava. E sabia que nunca amaria alguém como amava ela. Que se casasse naquele dia, poderia até ser feliz, mas sempre faltaria algo. Ele jamais seria completo.

-Por favor! Fica comigo? Me escolhe? Eu amo você! Não faz sentido viver longe de você. Eu te amo....
-Você... É o que eu mais quero...
-Não se case com ela... Por favor....
-Eu não posso voltar atrás... Me desculpe...

Os dois choraram feito crianças naquele momento. Algum tempo depois ele secou as lágrimas rapidamente, pegou seu paletó, olhou pra ela mais uma vez, disse adeus e saiu... Ela fechou os olhos e chorou com um sentimento terrível de dor de perda. Então quando a porta se fechou ela disse bem baixinho: " Eu estou esperando um filho seu... Um fruto do nosso amor... E agora eu te perdi pra sempre... "

Os dias passaram e ele não mais a viu. Casou-se e foi feliz enquanto durou. Algumas noites ele se lembrava dela. De como poderia ter sido. Ai sempre parava de pensar e dizia a si mesmo: " Nunca daria certo. " Ele não a viu mais por alguns anos... Até que toda aquela tristeza aconteceu... E depois de algum tempo.... Bom, isso é uma outra parte da vida dele que em breve eu conto.

Por Pierre Martins

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por comentar!