Me deixe explicar?!


Ele tinha que ter aquela conversa com Letícia. Tinha que de uma vez por todas por um ponto final. E foi o que ele fez. O lugar marcado foi a praça. O que ele não imaginava é que ela também havia chamado a namorada dele. Então em meio a discussões e ele dizendo que era a ultima vez que ele ia conversar com ela e que não importava o que acontecesse, ele amava a sua namorada e jamais a deixaria. Letícia não escondia o ódio ao ouvir todas aquelas palavras. Então no momento que avistou a namorada dele chegando, ela simplesmente o interrompeu com um beijo. Roubou o beijo mais venenoso de todos os tempos. Seus pensamentos?! "Se ele não ficar comigo, então não vai ficar com mais ninguém! Muito menos ela!" Ele não entendeu aquele beijo mas sabia que custaria muito caro. Quando conseguiu empurra-la, notou que sua amada estava ali parada. Ela estava assistindo aquela cena que mais parecia um filme de terror. Então ela simplesmente virou de costas e foi embora. Ele correu atras dela pra tentar explicar que tudo não passava de uma cilada de Letícia.

-Cala a boca! Não vem atrás de mim!
-Me espera por favor...
-Não! Chega! Eu ja vi o bastante!
-Espera! Deixa eu me explicar!
-Me esquece! Me deixa e paz!

Nesse momento ele a segura pelo braço. Ela então vira de frente pra ele.

-Explicar o que? Tem explicação o que você acabou de fazer? E quantas vezes isso ja não aconteceu?
-Tem explicação sim! Ela me beijou quando viu você! Ela só quis ferir você. E parece que conseguiu... Não teria o porque eu ficar com ela outra vez... Você sabe o quanto eu a desprezo! Aliás, o quanto todos a desprezam...
-Você a beijou...
-Não! Ela me beijou...
-Cala a boca! Nada vai mudar esse fato... Você me traiu com ela... E você sabe o quanto eu a odeio!
-Eu amo você...
-Eu também amo você! Mas eu não vou perdoar isso nunca... Eu não posso perdoar...
-Por favor, não faça isso comigo...
-Você pensou em mim quando beijou aquela víbora?!
-Eu não a beijei... Ela me beijou!
-Eu sei o que eu vi!

Ela não segurava mais as lágrimas nesse momento. Ele também ja havia começado a chorar. Ele sabia que ela jamais o perdoaria. Ele caiu na cilada de Letícia e agora perdeu o grande e verdadeiro amor de sua vida.

-Por favor, eu te amo... Eu... (Antes que ele pudesse terminar a frase ela o interrompeu.)
-Cala a boca... Acabou...

Ela se afastou e foi embora. Ele ficou ali. Parado sem saber pra onde ir. Apenas sentiu que seu mundo havia desmoronado. Nada faria sentido sem ela. Ela jamais acreditaria na sua inocência, mesmo ele sendo vítima. Ele apenas chorou e caminhou até a beira da praia. sentou-se e chorou como nunca havia feito antes. Sentiu o cheio da maresia. O frio da beira do mar no inferno... Mas nada podia chamar a sua atenção. Nada mais fazia sentido. Seus pensamentos só repetiam uma frase: "Eu a perdi."

Por Pierre Martins

Comentários