O primeiro beijo


É incrivel lembrar de cada momento daquela tarde de domingo.
Meu mundo mudaria completamente naquele dia de sol.

-Alô?!
-Oi Mari! Tudo bem?!
-Tudo sim! E com você?
-To ótimo! – Dei um breve sorriso nesse momento e prossegui. – Cheguei. Estou aqui em Bacaxá. Em que praia vocês estão?

Naquele momento eu pude sentir que as palavras dela haviam se perdido. Seu coração com certeza havia acelerado e ela não sabia como responder. Eu sei que naquele momento eu senti a mesma coisa que ela estava sentido.

-Estamos aqui na praínha.
-Onde ela fica?
-Ao lado da Igreja. Espera, vou perguntar aqui ao meu tio.
-Tudo bem.
-Bom, ele esta dizendo aqui que é a praia ao lado da igreja. Aqui perto da praça de Saquarema.
-Tudo bem! Já estou chegando ai.
-Esta bem. Eu te espero.
-Tudo bem! Até logo!
-Até logo!

Ao desligar, subi no primeiro ônibus que vi escrito “Saquarema”. Levei naquele dia minha irmã e meu cunhado comigo. Ambos mais novos que eu. Ao chegar, não me guiei por palavras ou dicas. Apenas segui meu coração. Como quando minha irmã disse que a praia ficava a minha esquerda, eu insisti que nós tínhamos que seguir pela direita. Enfim, eu a vi de longe. Em seu rosto estava estampado um sorriso contagiante. Eu queria correr, gritar e a abraçar, mas senti algo estranho. Minhas pernas tremiam. Tremiam da mesma forma que tremeram quando fui apresenta-la a minha família toda sete meses depois daquele dia. Minha respiração ficou mais rápida e forte. Não sei descrever ao certo o que senti naquele momento. Era uma mistura de medo, com esperança, com lembranças ruins de tudo o que já havia passado antes. Senti um arrepio e era como se puxassem uma linha que começava em minha garganta e terminava no meu estomago. Até que enfim ela estava diante de mim. Meus olhos se fecharam e eu a abracei. Seu corpo estava tão quente como o sol daquele início de verão. Sua timidez e nervosismo foram tão visíveis quanto os meus. Eu estava ali apenas conhecendo uma amiga. Tudo começou meio que por acaso. Mas estávamos ali. Brincamos um pouco e conversamos bastante. A praia estava incrivelmente gostosa. Aquele dia parece que foi separado por Deus para que pudéssemos nos conhecer. Até que em um momento eu simplesmente senti frio. Sai da água e fui tomar um banho de sol deitado numa das pedras que existem naquela praia. Mil coisas se passaram em meus pensamentos naquele momento. Minha vida praticamente inteira. Todos os erros e acertos. Tantas mágoas e coisas difíceis pra superar. Sonhos que pareciam muito distantes. Fechei lentamente meus olhos e fiz uma breve oração a Deus. Apenas pedi alguém que valesse apena. Quando abri meus olhos, meio que distraído, pude perceber que ela se aproximava. Deitou ao meu lado e conversamos. Conversamos sobre tudo. Sonhos, planos, coisas que tínhamos em comum... Enfim, cada palavra dela me fazia ver o quanto aquela garota era especial. Eu pude notar algo em seu olhar. Algo que até hoje não sei explicar, mas vi alguém diferente. Meus pensamentos viam uma grande amizade nascendo. Na verdade uma amizade que já existia, mas ali estava ficando realmente forte! Então mais uma vez fechei meus olhos. Disse apenas uma coisa em meus pensamentos: “Você é o que eu mais quero!” Naquele momento pude sentir seus lábios encontrando os meus. Como se ela tivesse lido meus pensamentos. Como se ela soubesse o que tinha de fazer desde o início. Um momento único em minha vida! Exatamente naquele momento eu pude reencontrar o calor que havia deixado de aquecer meu coração havia tempos! Ela me beijou e me deu muito mais que um momento feliz. Ela me deu a felicidade. Hoje eu sei que estou completo. E só ela sabe realmente como me fazer feliz. Ela me deu muito mais que um beijo naquele vinte e oito de novembro de dois mil e dez, ela me deu amor, felicidade, esperança, sonhos e uma verdadeira razão para existir! Eu a amo! E jamais deixaria que nossa história se tornasse apenas palavras ao vento. O nosso amor veio para ficar! E já marcou! Sei que sete meses não são quase nada, mas é o início da eternidade que quero passar ao seu lado! Eu a amo! Hoje muito mais que ontem, mas com certeza ainda é muito menos que amanhã! :)


#NowPlay: Palavras ao Vento - Cassa Eller


Por Pierre Martins

Comentários

  1. Nossa! Realmente é uma história de amor!

    ResponderExcluir
  2. lindo o bloog
    parabéens

    http://www.hrdoblush.com/

    ResponderExcluir
  3. hrdoblush

    haha' obg !! :D
    O seu e perfeito !! :)
    Estava la agora pouco !! :B

    ResponderExcluir
  4. oown't amor *__*
    Eu não sabia da história do pensamento. mas enfim né. te amo muito minha vida s2s2

    ResponderExcluir
  5. ASUHUHASSAUHU'Poisé !!
    Eu penso em muitas coisas!
    Nunca percebeu meus momentos em silencio?! kk' :D
    Eu te amo Pimenta ! :D

    ResponderExcluir
  6. cara xD isso é o destino visse kkk, mt legal o inicio da história de vcs, espero que esse amor ai continue o mesmo por muitos anos, e felicidades haha xD


    http://portalfoxnews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Iury Matheus:

    Valeu brother !! kkk'
    São 7 meses que quero multiplicar!!
    Temos tantas histórias juntos ja! Um dia quem sabe isso não de um livro !! kk'

    ResponderExcluir
  8. Linda história.
    O quão bonito pode ser um fato do nosso cotidiano.
    muito romântico *-* hihi

    to te seguindo, segue de volta e comenta?

    www.luliskd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Lulis Paz

    kkk ! Valeu mano !! :D

    vou seguir sim !! :B

    ResponderExcluir
  10. bem bacana um homen falar de amor ♥


    Parabéns.

    já estou seguindo ;]
    retribui aki :
    http://wanessacarvalhoem.blogspot.com/

    bjOO

    ResponderExcluir
  11. wαnessα cαrvαlho

    Haha' Valeu !! Vou seguir tbm !! :B

    ResponderExcluir
  12. Realmente! Que história linda! *-------------*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar!