Sem palavras.





Era domingo e a noite ja havia chegado. Talvez umas seis ou sete da noite. Ela estava deitada no colo dele e ele mexia em seu cabelo.

-É tudo tão perfeito não é?!
-E como é! ( respondeu ela rindo sem jeito. )
-Você aqui, deitada no meu colo e eu podendo te abraçar... Eu senti muitas saudades. Ficar longe de você é algo insuportável...
-E eu digo o mesmo. Por isso que te digo que não entendo o sentido da vida...
-Eu não consigo entender isso que você diz...
-Tipo, nós ficamos muito tempo sem nos ver, ai ontem você estava aqui... Ontem a noite nós estivemos juntos... Hoje você esta aqui, mas daqui a pouco não vai estar mais... E depois de algum tempo vamos nos ver outra vez...
-Mas acho que esse é o sentido da vida. Traçar objetivos e alcança-los. Depois de alcançar, traçar novos e seguir em frente...
-Mas eu não consigo entender sabe?! É um pouco frustrante isso...

Ele apenas riu e ela se sentiu um pouco envergonhada. Então ele suspirou, teve um olhar distante por um momento, como se estivesse pensando em algo... Até que olhou pra ela e disse:

-Será que daqui a dez anos estaremos assim? Você deitada na cama com a cabeça no meu colo e eu te fazendo carinho?
-Talvez não.
-Ã?!
-Talvez eu tenha que ir no outro quarto nesse momento ver porque o nosso filho estaria chorando. Talvez eu estivesse la cuidado dele. ( Ela sorriu ao dizer isso. )
-Eu te amo garota! ( Disse ele completamente envergonhado após procurar por qualquer resposta e não conseguir achar. )
-Eu adoro fazer isso...
-Fazer o que?
-Deixar você sem palavras...
-Eu sei sua besta! Eu te amo!
-E eu amo você!

Nesse momento eles se abraçaram e ele a beijou e logo em seguida beijou a testa dela. Depois disso olhou nos olhos dela antes de abraça-la outra vez. Tantos planos que eles fizeram para estar juntos. Tantas promessas... É uma história que ja esta escrita a milhões de anos... Escrita no livro da vida pela mão de Deus!

Por Pierre Martins

Comentários