Você não entente?!


-Eu estava ali sentada na minha cama. Olhava meu celular ao meu lado. Eu só esperava que você me ligasse... Eu estava completamente perdida em meus pensamentos... Em minhas lembranças... Então eu fui até a janela. Nesse momento pude avistar você descendo de seu carro. Eu sorri ao ver você vir pela calçada. Por mais alto que meu prédio fosse, eu sabia que você estava ali bem perto de mim. Meu coração disparou e eu segurei firme meu celular quando vi que você pegou o seu... No papel de parede ainda estava a sua foto. No fim eu ainda tinha esperança que ficariamos juntos outra vez... Eu esperava atender seu telefonema... Mas não foi pra mim que você ligou. Foi pra ela. No prédio ao lado estava quem levaria você de mim pra sempre. Então como se você pudesse me ver, eu me escondi atras da janela de meu apartamento para ser imperceptível. Eu chorei. Mais uma vez chorei ao ver quando ela desceu e você a beijou... Será que o beijo dela é melhor que o meu?! Então mais uma vez olhei pra você... Nesse momento pude ver que vocês entraram de mãos dadas... E logo depois, como se fosse propositalmente, vocês se beijaram diante a janela. Justo a janela do quarto dela. A janela que fica de frente a minha. Meu mundo desabou naquele instante. Eu não queria mais olhar... Mas nesse momento você a deitou na cama. Eu ainda pude ver ela tirar a sua blusa! Era como um punhal ardente entrando em meu coração! Faltou-me o ar e as lágrimas me escorreram. As lágrimas ardiam como nunca haviam ardido antes... Eu havia perdido você completamente! Não existia mais motivo pra eu estar ali... Eu sei que tudo foi culpa minha! Eu e meus erros... Minhas escolhas erradas... Eu achei que nunca dariamos certo ou que não iria sentir sua falta... (Nesse momento ela gaguejava e começa outra vez a chorar.) Eu não tinha noção do tamanho da sua importância em minha vida! Você não teve culpa... Eu fiz tudo errado! Meus medos... Meu passado... E fui uma completa idiota!
-Sim! Você foi sim uma completa idiota!
-Cala a boca! Só me escute! (Disse ela com um tom elevado em sua voz. Mas agora as palavras foram de desabafo outra vez.) Eu sei que havia perdido você pra sempre ali! Nada mais fazia sentido... Pra que viver?! Naquele momento eu fui até a cozinha. Eu só queria um copo d'água... Mas as lágrimas caiam e me feriam muito... Olhar a faca foi tão convidativo... Ela me pareceu a solução ideal! Morrer seria uma ótima opção! Meu mundo ja não fazia mais sentido... Então foi o que fiz...
-Você cortou seus pulsos... Queria morrer! Você é completamente maluca!
-Eu sei que sou... Mas nada mais fazia sentido... Nada mais faz sentido sem você... E você realmente merece ser feliz! Eu fui uma completa idiota com você... E te perdi...
-Eu nunca iria querer ver você mau... Eu tentei sim reconstruir minha vida, mas jamais iria querer te ver assim...
-Eu só atrapalho... Como estou fazendo agora. Dando trabalho a todas essas pessoas aqui no hospital, e a você... Eu fui uma incompetente. Eu devia ter cortado a garganta e não os pulsos...
-Cala a boca! Não fala mais merda! Pelo amor de Deus! Não faça drama...
-Me desculpe... Por favor, vá embora... Reconstrua a sua vida e me esqueça. Eu vou ficar bem...
-Tem certeza que é isso que você quer?
-Sim! É assim que tem que ser... Faça ela feliz!
-Tem certeza?
-Sim! Tenho!

Então ele levanta e vai indo em direção a porta. Abre e antes que possa sair, da um breve sorriso, olha pro chão e olha pra ela.

-Sabe o que é mais engraçado?! Talvez se você não tivesse saído da frente da janela poderia ter visto que não rolou nada ali. Poderia ter visto que terminamos... Que eu pedi desculpas a ela e disse que não conseguiria fazer isso... Teria visto eu dizer que ainda amava você... Que seria impossível reconstruir minha vida e viver pela metade. Que não poderia entregar meu coração a outra pessoa porque sei que ele seria pra sempre seu... Talvez você tivesse visto que eu terminei com ela ali, naquele momento no quarto dela... Talvez tivesse visto as 27 chamadas perdidas em seu celular... As 27 vezes que eu te liguei... O quanto eu toquei a campainha do seu apartamento... Talvez tivesse visto que eu havia arrombado a sua porta e que fui eu quem socorreu você enquanto você estava ali desmaiada naquela poça de sangue... Talvez tivesse visto o quanto eu chorei...
-E por que isso tudo por mim? Eu só te magoei... Eu só te fiz mau... Eu sou a pessoa que menos merece você nesse mundo...
-Que parte do "Eu amo você" tu nunca entendeu?!

Nesse momento ele balança a cabeça como quem diz não e da um breve sorriso irônico. Até que sai e bate a porta do quarto. Ela ficou ali mais uma fez... Ele havia ido embora, mas foi o melhor... Ela não tinha mais nenhuma palavra pra responder o que ele disse.

Por Pierre Martins

Comentários

  1. Sem comentários [...] texto lindo até me fez chorar.

    ResponderExcluir
  2. UHASUHASUHS' Valeu !! :D Mas é bem deprimente né?! :/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar!