Ser vascaíno.

Você mudou a História /+/
Vinte e um de Agosto de mil oitocentos e noventa e oito. Nascia ali um mito pro esperte mundial. Naquele dia era fundado o Clube de Regatas Vasco da Gama. Cento e treze anos se passaram desde aquele dia, mas o Vasco só cresceu. Aquela pequena agremiação hoje se tornou um dos maiores clubes no cenário mundial. Entre todas as suas modalidades, ganharam títulos. Mas como todo bom brasileiro, eu sou do futebol. Essa é a maior paixão do brasileiro. É desse Vasco que quero falar!

Todos sabem o tamanho do Vasco no futebol. Tantos títulos que talvez seja impossível gravar todos eles na memória. Fomos os primeiros a conquistar a América. Cinco anos depois, conquistamos o mundo! Por quatro vezes conquistamos o Brasil. No ano de nosso centenário, como presente, conquistamos a América outra vez. Poucos são aqueles que ganham um presente tão bonito quanto esse no dia de seu centésimo ano! Enfim, se eu ficar aqui falando de títulos do Vasco, essa postagem vai ficar imensa. O que eu quero é falar sobre o que é ser vascaíno.


Começou aqui no seu Vasquinho não é Pelé /+/
Ser vascaíno é levar a cruz de malta no coração até o fim! É saber e entender que somos uma só família, não unida pelo sangue, mas pela raça e pelo amor ao Vasco! Ser Vasco é ser gigante. É ser forte pra superar as dificuldades e virar o jogo. Ser Vasco é sempre acreditar! Isso vale apena! É não parar de cantar, gritar e vibrar. É se orgulhar por um passado glorioso. É entender que nossas maiores conquistas são as morais. Fomos os primeiros a jogar com um time com negros. Nos lutamos pela igualdade racial. Nós fomos o que mudou o cenário mundial! O time inesquecível de mil novecentos e vinte e três! Até os “grandes do Rio” temeram e boicotaram o Vasco. Mas não vem ao caso. Ser Vasco é olhar pra trás e sentir orgulho! É ver que foi aqui que o Rei Pelé conquistou seu primeiro título em um “combinado Santos e Vasco”. Até mesmo o Rei, apesar de dizer que é Santista, nunca escondeu seu amor vascaíno. Todos sabem que, por trás das câmeras, o Rei é Cruzmaltino.

E eu não paro, não paro não... ♫" /+/
Hoje o Vasco encara mais uma etapa de suas glórias, podendo se tornar Penta Campeão Brasileiro. Sabemos que todos nós vascaínos temos a missão de torcer! Mas não devemos nunca esquecer de uma coisa. Ser vascaíno é não precisar olhar para os títulos para se orgulhar. Ser vascaíno é amar incondicionalmente. Na alegria, na tristeza, nas glórias e nas quedas. Estamos unidos pelo Penta! Mas também estamos unidos por que o time deu o seu melhor até aqui, e nós torcedores fizemos o nosso melhor também! Torcemos, brigamos, vibramos, choramos... Que tudo isso possa ser recompensado com o título! Espero que hoje possamos começar o nosso ensaio para a festa do Bi da Libertadores que virá em dois mil e doze! Ser vascaíno é isso! É ter amor infinito!

Eu sou Vasco da Gama e tenho orgulho disso! O sentimento nunca vai parar...





Comentários