Mãe, o maior amor que existe na Terra!

Só queria dizer que...

Abri meus olhos e mais uma vez pude ver suas mãos sobre a minha. O quarto ainda estava escuro e o indispensável barulho do ventilador ligado dava o ar de uma noite agradável de sono. Seu olhar era aconchegante e combinava perfeitamente com aquele sorriso encantador.
-Bom dia filho! Acorda que já esta na hora. – Ela disse.
Mais uma vez minha mãe havia me acordado. Nem precisa de despertador. É incrível como ela sempre acerta a hora de me chamar. Muitos até hoje dizem que eu me aproveito dela, mas talvez não seja isso. Talvez eles tenham razão também. Minha mãe acorda cedo só pra fazer meu café da manhã. Acho que ela se orgulha de mim. Mas se ela soubesse o quanto eu me orgulho dela... Hmmm! Ela é incrível! Ninguém me conhece tão bem quanto ela. Ninguém consegue entender minhas palavras sem que eu precise as dizer, mas a minha mãe consegue. Conhece cada centímetro da minha vida. Sabe de cada passo que dou, mesmo que as vezes eu omita isso dela. Como qualquer pessoa, eu tenho meus erros e acertos. E ela também! Mas seus acertos compensam seus erros. É bastante incompreensível para alguns, mas eu não acho que minha mãe erre em nada. Acho que no fim ela sempre tem razão.
-Dormiu bem? – ela me perguntou.
-Sim mãe! Graças a Deus! E a Senhora? 
-Dormi sim. Vai logo se arrumar para não se atrasar para o trabalho.

-Huhum...
Ainda estou morgando de sono. Meus olhos estão colando. Sinto que meu rosto está “amassado” e tenho medo de me olhar no espelho. Já minha mãe, apesar de ainda estar vestindo a roupa de dormir, esta incrível. Cabelos presos, rosto limpo, seu hálito tem cheiro de menta. O cheiro de café fresco invade a casa e eu posso sentir enquanto escovo meus dentes. Minha mãe esta cantarolando alguma musica. Talvez seja alguma da Whitney Houston. Ela não sabe falar inglês! Isso é um fato! Mas e daí? Ela sabe falar a língua das mães. E as matérias que ela pode me ensinar, professor de nenhuma faculdade vai conseguir! Sabe de uma coisa?! Ela é uma ótima mãe!

... eu te amo mãe!
-Mãe, qual camisa eu ponho?
-Pega uma ai no armário. Não vou estar contigo para sempre! Você tem que aprender a se virar sozinho também! – Ela dizia com a voz em um tom elevado.

Eu estou sorrindo. Ela quer me ensinar a ser um bom homem. Eu sei que ela vai pegar a camisa que eu pedi e vai por em cima da cama para que eu me vista. Mas sei que ela gosta de dizer essas palavras. Eu valorizo muito isso. Sei o quanto ela é incrível e diferente de outras mães. Se eu precisar confiar em alguém, então sei que essa mulher e a minha melhor confidente! A forma com que ela faz tudo pra mim... Sinto-me seguro estando com ela. Esse amor de mãe protege o meu coração. As vezes eu paro e sem querer acabo percebendo em seu jeito de ser um cuidado mais que especial. Um jeito de amar único! Algo que talvez eu nunca sinta por alguém.
-Vai com Deus meu filho! Tenha um ótimo trabalho! – Ela dizia sorrindo.
-Obrigado mãe! – Eu respondia enquanto virava de costas e cruzava a porta. Então parei e olhei para trás. – Mãe?
-Oi filho?
-Eu te amo!

Trocamos sorrisos nesse momento e eu fui trabalhar. Pelo caminho eu sorria sozinho. Sei que a torcida dela por mim é bem maior que uma nação! Minha mãe é incrível! Uma breve oração em pensamentos antes de chegar ao ponto de ônibus e apenas agradeci a Deus por ter a minha mãe comigo!

E você? Tem agradecido a Deus por ter sua mãe? Valorize esse anjo enquanto você tem por perto. Não importa se ela é preta, branca amarela, asiática... Ninguém nesse mundo vai ser capaz de te amar com metade da proporção que ela te ama! Olhe em seus olhos hoje e diga: Mãe, obrigado por tudo! Eu amo você!

Indico essa música sobre mãe >> Amor de mãe - 4/1

Comentários