Como construimos um relacionamento?


Não use Palavras, use atitude!
Como construímos um relacionamento?
Tenho cinco tópicos para descrever isso.

Paixão: Sim. Todo relacionamento começa com uma paixão. Aquela vontade de estar junto. Te beijar! De ter aquela pessoa que vem roubando sua atenção, sono, e fôlego quando esta por perto. A paixão é o que alimenta o desejo. É o que faz um casal se aproximar. É o que faz tudo começar. É aquele sentimento desesperador que faz com que você deixe de pensar e apenas faça o que seu acelerado coração quer.

Amizade: Não existe um relacionamento em que eles tenham que ser os melhores amigos um do outro. É importante poder confiar. Ser confidente. É importante que um conte com o outro sempre. Que um cuide do outro. Que compartilhe os bons e maus momentos. Que confiem um no outro. Que desabafem e compartilhem todos os segredos.

Companheirismo: Sim. Talvez ele seja bem parecido com a amizade, mas tem suas diferenças. Você pode ter um amigo que esta longe, mas só seu companheiro esta perto. Só ele vai te conhecer o suficiente para desvendar seu sentimento no instante que olha para você. Vai saber exatamente do que você precisa ou o que você realmente está pensando. Você engana um amigo, mas não engana ao companheiro. Ele vai te acompanhar para onde você for. Mesmo que as vezes não concorde, ele sempre vai estar ao seu lado. Ele vai cuidar de você e você também vai cuidar dele.

Sonho: Somente o sonhador vai conseguir fazer planos contigo. Só ele vai querer se casar, ter filhos, construir uma vida ao seu lado. Esse te vê em seu futuro. Esse quer estar ao seu lado. Nunca dispense alguém que sonha em estar contigo no futuro. Esse tipo é raro hoje em dia! Mas é necessário em um relacionamento que ambos façam planos e sonhem em estar juntos. Sonhem com seus futuros juntos!

Briga: Aposto que ao ler essa palavra você não entendeu. Nesse momento está relutando com a situação desconfortável de lembrar-se das brigas. Mas no fim das contas, precisamos dela. Isso tudo faz parte. Se brigamos, é porque nos importamos com a pessoa. Não discordamos de algo apenas pela vontade de criar uma situação ruim, discordamos porque queremos mudar algo na vida da pessoa, para que ela se sinta melhor. Nos importamos com o bem estar dela. Tentamos corrigi-la com amor. É o que uma mãe faz com o filho. Briga para que ele possa aprender a não errar e futuramente estar em situações ruins pelos seus erros. Então, brigamos com quem amamos.

Agora você deve estar se perguntando: “ – E o amor? Onde fica nisso? Se esqueceu dele? “
Não. Eu não esqueci do amor. Eu disse tudo o que representa o amor. A paixão, a amizade, o companheirismo, os sonhos e as brigas são as cinco coisas que se unem para formar o amor em um relacionamento. Análise cada um desses tópicos e depois some-os. O que você vê? Eu vejo amor.


Por Pierre Martins

Comentários