Canção da despedida.

Não deixo você sair de mim!

E quando tudo acaba?
E quando não há mais nada a ser feito?
E quando só nos resta “seguir em frente”?
A vida vem me ensinando de formas cada vez mais cruéis que o “para sempre” sempre acaba. Aquela velha sensação de sentir-se solto no ar, sem qualquer base me assombra outra vez.
Procuro não me abater, pois sei quem está me guiando. Sei que Deus não retira as bençãos que dá, mas apenas elimina as pedras no caminho. Deus nos dá o que merecemos e, com certeza, o que Ele tem pra mim é melhor.
A meu passado não entrego mais nada! Nem mesmo uma lágrima se quer, pois as coisas pelo que valeriam apena chorar são as que jamais me dariam motivos para isso.
Sigo em frente, firme e com os pés no chão. A saudade sempre será uma amiga chata e inconveniente  mas a gente se adapta. As coisas são assim.
Como diria aquela velha pessoa desagradável, “as vezes o final feliz é seguir em frente”. E eu estou fazendo isso.
Espero o dia em que aquele alguém vai chegar. Vai me amar por completo! Vai amar minhas qualidades e aceitar meus defeitos. Eu sei que não sou perfeito, mas com certeza serei a cada dia melhor no que eu faço. Afinal, como diria minha grande Roberta Etelvino, “ ninguém quer um dos melhores, as pessoas querem o melhor”.

Estou crescendo e só tenho uma coisa a dizer:

- Se fui bom para você, serei muito melhor para a próxima.


Por Pierre Martins

Comentários