Inbox [2] - Moço?

Enquanto segurar minha mão eu não deixarei você ir...

Ei meu amor, obrigada. Obrigada por me aturar por tanto tempo, por me acalmar quando ninguém mais consegue, por cuidar de mim quando ninguém mais se importa, por querer sempre meu bem, por brigar comigo para o meu próprio bem, por ter crises de ciumes, por me querer mesmo quando falo que estou com o cabelo horrível, gorda, desarrumada, etc.. Por me fazer me sentir assim, tão bem e tão feliz, mesmo desse nosso jeito.. Desse jeito tão longe.
É o tempo mais perfeito que tive, porque você esta comigo do meu lado, não literalmente.  Do nosso jeito..  Mas amor, só me diz que esse foi um ano e meio de vários outros que virão?  Diz moço… Eu preciso saber que vou ter você pelo resto da minha vida. Porque sabe amor.. Isso é o que eu quero pra mim, quero viver contigo até o ultimo minuto da minha vida, porque hoje você é o que me traz paz e já não sei mais viver sem você, e me desculpa por isso também amor? Desculpa? Desculpa por essa necessidade toda de você? Desse egoismo. Dessa mania de ficar o tempo todo te ligando e te irritando? Por essa mania de nunca ficar satisfeita com as coisas? Por achar que você tem que viver por mim o tempo todo? Sei lá, sei que as coisas não são bem assim, mas eu sou chata e bobinha você sabe. 
Agora é isso, vivo pelo teu sorriso, pela tua risada boba, pelo teu bem, pela tua felicidade, então meu amor…  Promete que vai se cuidar enquanto eu não puder cuidar de você?! 
E amor.. Eu te amo minha vida, muito mesmo, mesmo mesmo. >.< 
Se cuida tá? Por mim... E por nós. Se tiver pesadelo, me ligue ou então me abrace forte e durma de novo.
E amor, eu te amo, sim de novo e quantas vezes for preciso até você entender que você foi feito pra mim e que minha felicidade já depende de você. 

Com amor...

                   A moça do Pierre.

Comentários