Momentos.

Ser sábio acima de tudo.

Uma velha lenda conta a história de um Rei muito poderoso em seu tempo. Seu reino era conhecido por inúmeras vitórias em guerras, um povo satisfeito com o governo e o país se tornava cada vez mais rico. Certo dia o jovem rei comemorava seu vigésimo sétimo aniversário. A festa aconteceu no salão real do palácio. Os mais altos membros da nobreza estavam presentes na festa mais bonita que já haviam estado. Presentearam-no com muito ouro, armas de guerra decoradas... porém um de seus servos, um velho camponês de quem o rei tinha muita afinidade o presenteou com dois anéis. Disse-lhe que havia uma mensagem por dentro de cada anel, porém ele só deveria ler em dois momentos de sua vida: o primeiro anel no dia em que ele tivesse certeza que era o mais feliz e outro quando a certeza fosse de que aquele seria o dia mais triste de sua vida. O jovem rei agradeceu.
O tempo passou e o reino crescia a cada dia mais. O povo amava seu bom rei e todos estavam felicíssimos com o melhor momento da história daquele país.
Certo dia, após voltar vencedor da maior de sua batalhas, onde seu exercito saiu vencedor contra a maior das nações inimigas, sem perder nenhum homem, o rei decidiu dar uma festa para comemorar. Como se já não bastasse, naquela tarde nasceu seu primeiro filho homem. Não havia dia mais feliz que aquele na história de sua vida! Então, após toda a festa o rei se retirou em segredo para seu lugar favorito que ficava as margens de um riacho que passava floresta a dentro. Molhou seu rosto e sentiu que nunca havia estado tão feliz em sua vida. Olhou para o lindo céu estrelado e notou o brilho da lua nova. Agradeceu a Deus por tudo aquilo que estava vivendo e então lembrou-se do anel que havia ganhado alguns anos atrás. Tinha certeza que não haveria outro dia mais feliz que aquele. Então tirou o anel do dedo para ler a mensagem que estava gravada em seu interior. “Isso também vai passar”. O rei rapidamente esbravejou: “ – Quem esse velho pensa que é para me praguejar!” Havia ficado indignado com o que acabara de ler. A raiva o cegou e ele lançou fora o anel que acabara de ler para certificar-se de que nenhuma maldição o atingiria.
Os anos se passaram e a nação cresceu ainda mais.
Certo dia uma peste caiu sobre o reino destruindo todas as lavouras. O rei sabia que seria difícil, mas tinham muitas riquezas e podia sustentar a nação por aquele período e quando se livrassem da peste o povo o amaria ainda mais.
Os dias se passaram, mas a peste não se foi. O rei precisou investir muito, pois a nação era muito grande e logo as riquezas começaram a se acabar. A situação piorou e logo as pessoas começaram a adoecer.
Percebendo a situação fragilizada, logo os inimigos começaram a invadir e tomar as terras conquistadas. O rei começava a desesperar-se, pois além de perder homens nas batalhas, também perdiam os que adoeciam e morriam muito rápido.
Certo dia o castelo foi invadido. O rei teve de fugir as pressas.
Ao chegar na floresta, percebeu que sua esposa e seu filho haviam ficado para trás e com certeza já haviam sido capturadas. O rei correu até o riacho e ajoelhou-se. Clamou a Deus e pediu uma solução para tudo o que estava acontecendo. Viu tudo o que ele havia lutado para construir ser destruído. E até sua família estava em poder de seus inimigos agora.
Suas lágrimas se misturavam com as águas do riacho. Então percebeu que aquele era o dia mais triste de sua vida. Seu coração estava amargo e a dor era incessante. Então olhou para suas mãos e viu o anel. Aquele anel que deveria ler a mensagem no dia mais triste de sua vida. Não havia nada a perder, pensou ele. Então quando retirou do dedo e leu a mensagem surpreendeu-se. “Isso também vai passar”.
O rei finalmente entendeu que, não importa qual seja a situação, triste ou feliz, ela passa.
Não importa se você está feliz nas festas com seus amigos ou com dificuldades em seu namoro; tudo isso vai passar.
Só nos basta escolher valorizar as coisas que vão marcar positivamente nossa vida, pois tudo marca. O que hoje são lágrimas amanhã podem tornar-se sorrisos. Por isso não abra mão de alguém que ama por um momento. E nem abra mão de quem você é por esse momento que está passando. Pois tudo isso um dia vai passar. Alegrias momentos felizes passam. Pessoas também passam. Por isso, se encontrar alguém com quem deseje ficar, se agarre a ela e não a perca! Faça de tudo para ela nunca ir embora!
Tudo passa. E passou para o rei. Algum tempo depois as nações amigas vieram ajudar e o rei conseguiu recuperar grande parte do seu reino. Foi difícil reconstruir, mas ele conseguiu. No ultimo dia de sua vida ele entregou a seu filho dois anéis com a mesma frase dos que recebeu e disse-lhe para abrir somente nos dois momentos mais importantes de sua vida: o mais triste e o mais feliz. E pediu para que passasse esses anéis por toda as suas gerações posteriores. O rei passou, mas fez a diferença para todos os que o conheceram. Inclusive você. :)


Autor desconhecido.

Adaptado por Pierre Martins

Comentários