Boa noite.

Ainda lembro de sentir sua respiração em meu pescoço. Ela pegou no sono enquanto eu permanecia acordado. Pensei em toda a minha vida naquela noite. Talvez não fosse a coisa certa. Mas talvez fosse o meu "seguir em frente".
Foi ótimo estar com ela esta noite! Só sei dizer que ela é incrível! Linda, gentil, companheira, carinhosa... E é ótimo vê-la adormecer como um anjo enquanto faço carinho. Acho que gosto dela mais do que achei que poderia estar gostando.
Por mais que tudo ainda esteja complicado pra mim, eu esqueço de tudo quando estou ao lado desse meu  anjinho de cabelos dourados. Ela realmente vem mudando minha vida. Desde que chegou, foi inevitável notar o quanto ela é bonita. E não sei por que, mas ela gostou de mim.
Agora ela abriu os olhos. Seus dedos acariciam meu peito descoberto. Essa sensação é ótima! Ela fazia com que eu me sentisse amado.
Seu corpo quente encostado no meu fazia com que eu sentisse que não faltava nada... Ninguém... Eu sentia que isso era tudo o que eu sempre quis.

- Gostou dessa noite? - perguntou ela.
- Bastante, meu amor. Você é ótima!
- Não estou falando só do sexo. Estou falando da noite inteira.
- Olha, - sorri. - quando disse que você é ótima, me referi a tudo! Foi tudo perfeito!
- Que bom que gostou então! - sorriu. - Consegui fazer você esquecer dela esta noite? - continuava a acariciar meu peito.
- Por que essa pergunta?
- Só quero saber. Conseguir fazer com que você esquecesse dela?
- Até agora sim.
- Você ainda a ama.
- Talvez ame. Mas não o suficiente.
- Para...?
- Apagar o que estou sentindo por você. Eu me apaixonei por você no primeiro dia em que te vi. Na primeira conversa. E você sabe disso!
- Acho que sei... - sorriu.
- Você é incrível! Quantas chances temos de dar certo?
- Acho que são poucas.
- Não importa.
- Por que?
- Vou lutar por você!
- Espero que lute.
- Namora comigo?
- Não. Ainda não.
- Por que? O que falta? - ela levantou seu rosto e me beijou; então prosseguiu respondendo em meu ouvido.
- Você deixar de amá-la. Quero seu coração só pra mim.

Ela se aconchegou em meu peito mais uma vez e voltou a dormir. Eu sorri. Ela realmente é incrível! Linda por ser quem ela é!










Por Pierre Martins

Comentários