Carta.

 As vezes ainda me pego pensando em você. Sei que o tempo já passou. Na verdade já passou bastante tempo, mas as vezes eu ainda sinto que foi ontem. Confesso que, se antes era uma dor insuportável, agora é um frio na barriga. Toda aquela intensidade se tornou uma boa lembrança. O tempo vai remontando tudo. Apaga as coisas ruins e exalta os bons momentos. O tempo vai curando as feridas... Nos faz crescer e entender o porque as coisas acontecem da forma como acontecem.
Outro dia me perguntaram se eu sentia que havia algo mal resolvido entre nós. Olha, eu refleti bastante antes de responder. rs’ E cheguei a conclusão de que não há nada mal resolvido. Fizemos nossas escolhas. Você fez as suas. A minha foi seguir em frente.
Por mais que a sua falta tenha sido sentida, sei que eu precisava me perder de você para me encontrar e saber quem eu sou de verdade. E eu descobri que não era tão bom quanto eu achava e nem tão ruim quanto eu pensava.
Eu pude perceber que aquele grande vazio era apenas a falta de perdão. Confesso que havia muita mágoa de muitas pessoas.
Hoje eu tenho muitos bons motivos para sorrir. Aceito as pessoas como elas são. Sei que, para mim, a minha opinião deve ser a mais importante, mas devo respeitar as pessoas que discordam de mim como elas são. E se tem um jeito de mostrar que a minha opinião é a correta, devo apenas dar o exemplo.
Eu mudei. E mudei tanto que acho até que você se apaixonaria por mim de novo! rs’ Mas eu resolvi seguir em outra direção. Mudei porque foi preciso. Mudei porque você era insubstituível para aquele outro cara. Ele te amava mais do que a ele mesmo. E quando você perde o que mais ama, a vida fica sem sentido.
Hoje eu me amo mais. Me cuido mais!

Espero que eu seja motivo de boas lembranças e que nunca seja esquecido. Espero que pense em mim por cada canto de todos os lugares onde estiver. Espero que pense em mim para sempre antes de dormir. Espero que lembre de cada sorriso que me deu todas as vezes em que você sorrir. Pois um dia vencemos tudo em nome do amor em criamos uma história tão linda que nem mesmo Nicholas Sparks (meu autor favorito) seria capaz de escrever.
E por fim, espero que seja feliz por onde você estiver. Eu estarei sempre fazendo a minha parte. Estarei sendo sempre eu mesmo. Com meus erros, acertos e sonhos. E sei que Deus sempre me guiará. E certamente cuidará de você. Eu sempre peço isso a Ele. rs'


Por Pierre Martins

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por comentar!