Todas as noites.


 Uma coisa que nunca poderia esquecer eram suas mãos suadas segurando as minhas. De certa forma, eu apreciava o fato de ela ficar nervosa ao meu lado. E quando ela disfarçava o sorriso ao me olhar?! Nossa, eu não paro de pensar nisso! É quase impossível dormir sem ficar horas e horas conversando com ela no celular. É como se ela fosse o que completa a minha noite. E o meu dia. E quando quero falar com alguém, é para ela que eu ligo. É ela quem eu procuro. Porque eu me sinto bem quando estou com ela, mesmo que de longe. Ela me promete coisas loucas! Não se importa com meus erros e acertos. Não liga para meus defeitos. E apesar de morarmos longe um do outro, ainda achamos tempo para nos ver nos fins de semana.
Nós saímos juntos e agora eu não me importo mais com o que vão dizer. Mesmo que ela tenha terminado com ele a pouco tempo, sei que ela esta melhor assim. Ela sorri mais. E mesmo com nossos quatro anos de diferença, sinto que temos a mesma idade. De certa forma somos parecidos.
Bom, acho que esta na hora de ligar para ela. Antes que fique muito tarde e eu acabe dormindo enquanto conversamos.

- Alô?
- Oi, Nina! Boa Noite, meu anjo!
- Boa noite moço! – sorriu.















Por Pierre Martins

Comentários